Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A extinção dos dinossauros.

Segunda-feira, 30.09.13

 

Se as eleições autárquicas serviram para alguma coisa foi para derrotar estrondosamente a estratégia suicida de candidatar dinossauros às câmaras vizinhas numa clara fraude à lei de limitação de mandatos, escandalosamente sancionada pelo Tribunal Constitucional. De facto, com as excepções de Ribau Esteves em Aveiro e Álvaro Amaro na Guarda, as candidaturas de dinossauros autárquicos foram estrondosamente derrotadas. Seara teve um resultado humilhante em Lisboa e Luís Filipe Menezes deixou que a Câmara do Porto fosse parar às mãos de um independente sem qualquer currículo político. De Fernando Costa em Loures e Moita Flores em Oeiras nem vale a pena falar. Para a próxima é bom que os partidos aprendam a lição e saibam sobrepor ao interesse pessoal dos candidatos a concorrer eternamente às autarquias o interesse público da renovação de mandatos. Se não o fizerem nunca conseguirão ter o respeito dos eleitores.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 00:25


1 comentário

De Gil Teixeira a 30.09.2013 às 13:25

As quentes eleições autárquicas fornecem sempre boas lições aos políticos, um cartão vermelho ao governo, quando é caso disso, o que é o caso, e também o peso da abstenção.

As declarações de Passos Coelho de que não fará uma leitura nacional das mesmas significam que já a fez, sendo coisa diferente o que fará com a leitura.

O CDS passou entre a chuva, mas isso não significa que guarde o chapéu de chuva nas próximas eleições.

Os dinossáurios autárquicos sofreram um pequeno desgosto, afinal eram falsos.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Julgávamos que o D Sebastião tinha morrido em Alcá...

  • Anónimo

    O amigo anónimo do syntagma nem faz ideia do que o...

  • Anónimo

    estude anónimoe muito fácil baixar de 11% . É cort...

  • Anónimo

    Discordo em absoluto. Se o meu caro syntagma expli...

  • Jaime Menezes

    Ontem vi e ouvi, uma estranha (ou talvez não) comé...

  • Anónimo

    E pronto, a sua experiência pessoal refuta as expe...

  • Anónimo

    Foi um grande empresário que construiu um império ...

  • Anónimo

    inteiramente de acordo. o inferno esta de parabens...

  • Anónimo

    Deus, tenha o Seu lado, Belmiro era português, por...

  • Anónimo

    O que muita gente tem e dor de cotovelo pois de um...