Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O soldado disciplinado e leal.

Quarta-feira, 16.10.13

Se há uma coisa que me choca profundamente na actual classe política é a falta de convicções da maioria dos seus membros. Pessoas que convictamente defendem uma solução depois chegam ao Parlamento e ao Governo e vêm fazer absolutamente o contrário, baseando-se apenas no servilismo em relação ao chefe. O caso de Pires de Lima é particularmente elucidativo: vindo do sector privado onde tinha feito sucesso, foi feito ministro de uma pasta onde era vital que conseguisse dar um novo ímpeto à economia. Para isso, no entanto, era imprescindível que o deixassem aplicar as suas ideias e implantar o seu programa. Pires de Lima acaba, porém, por confessar que no governo, os que o julgavam um general estavam enganados. Não passa de um soldado raso "disciplinado e leal". E por isso nem sequer consegue, contra todas as expectativas, baixar o IVA da restauração, sendo assim manifesto que nada está a fazer na pasta da economia. Pires de Lima parece assim o soldado da guerra do Solnado que diz ao capitão que tinha feito um prisioneiro, mas quando lhe perguntam onde ele está, responde que "não quis vir". Se de facto a influência de Pires de Lima no governo é zero, cabe perguntar por que razão se mantém no cargo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 18:26


3 comentários

De Gil Teixeira a 17.10.2013 às 16:42

António Oliveira Salazar era um açambarcador de pastas ministeriais, quiçá para economizar os gastos ao contribuinte, sem pôr de parte a necessidade de alimentação do seu ego, ou ainda por ser o chefe que tudo controlava.

Entretanto a política foi descendo os patamares da política e os generais foram sendo substituídos por soldados rasos.

Descobriu-se agora que Pires de Lima, enquanto ministro das finanças, também é um soldado raso, quando se pensava que se alistara vestido de general.

O facto poderia ser preocupante, mas não o é.

Passos Coelho, o chefe do governo de Pires de Lima, também é um soldado raso ao serviço do povo germânico.

GT


De Anónimo a 17.10.2013 às 22:29

É pena não ser um Oficial "empreendedor" ou um Sargento "da Força 1", para soldados bastavam os que lá estavam e que nem fizeram a recruta.

De ty a 18.10.2013 às 11:19

O modelo de capitalismo está errado. Os banqueiros vivem sempre bem, fogem sempre das responsabilidades.

Enquanto não virmos o que está errado, nem sabemos em quem votar.

Mas precisa de um modelo novo ai isso precisava.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Nem o partido do Valls o quis! E assim que o que r...

  • Anónimo

    Os ultra-nacionalistas espanhóis vão a Barcelona a...

  • Anónimo

    Quando a Espanha anexou Portugal em 1580 também o ...

  • Anónimo

    A UE apoiou o Kosovo quando o Kosovo desrespeitou ...

  • Anónimo

    o anonimo so demostra que nao evoluiu como as pess...

  • Anónimo

    Tudo o que o Governo de Madrid fez até agora está ...

  • Anónimo

    Realmente é uma vergonha que a UE não ajude a Cata...

  • Rodericum

    É incrível que isto se passe em pleno século XXI, ...

  • Anónimo

    Se gostas tanto da Hungria, emigra para lá! Mas ol...

  • Jorge

    Boa noite a tod@s.Fiquei estupefacto com este arti...