Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Visto da Alemanha.

Segunda-feira, 01.11.10

No Frankfurter Allgemeine escreve-se sobre Portugal isto: "Não é o Primeiro-Ministro José Sócrates, mas antes o líder da oposição Pedro Passos Coelho, que tem a chave da capacidade do Governo de Portugal. E ele tem que escolher entre a peste e a cólera". Quem pensa que o PSD pode escapar à responsabilização pela viabilização deste Orçamento, omitindo uma cerimónia conjunta ou guardando a fotografia da assinatura do acordo no telemóvel, que se desengane. Com a descredibilização total deste Governo tornou-se evidente, mesmo para a Europa, que o facto de o principal partido da oposição deixar passar uma proposta legislativa do Governo, o torna responsável, não apenas por essa proposta em concreto, mas principalmente pela continuação em funções deste Governo. Pense-se agora durante quanto tempo é sustentável essa situação. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 10:35








comentários recentes

  • ANTONIO

    E DIGO SO NESTAS ALTURAS APARECE OS ESPERTOS A FAZ...

  • SerranoOnline

    Começo por aplaudir o post que considero ser dos m...

  • Herói do Mar

    João Ferreira Dias escreveu: "Porque o anterior Pr...

  • Anónimo

    O ministro da Agricultura já Foi Ministro da Mesma...

  • Makiavel

    "E finalmente, fiquei a pensar como foi possível o...

  • HD

    Já nem percebe nada desta parceria conveniente :)

  • Rui Pinto

    Serviços públicos? Li hoje a Lei n.º 42/2012, de 2...

  • zé pagante

    Luís Menezes Leitão, o Papa Francisco pediu amnist...

  • Anónimo

    Acho interessante que esteja toda a gente contra a...

  • Anónimo

    Pois acho que sim. Os muçulmanos, Hindus, Budistas...