Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A dimensão das tragédias.

Domingo, 10.09.17

Parece que resulta desta notícia que o número de mortos causado pelo terramoto no México é exactamente idêntico ao das vítimas de Pedrógão Grande: 64. Ou seja, um terramoto com um grau de 8,5 na escala de Richter conseguiu produzir em todo o México tantos mortos como um simples incêndio numa floresta de Portugal. Com a diferença de que um terramoto é incontrolável, enquanto que os incêndios podem ser evitados e combatidos, havendo por isso uma clara ineficiência dos serviços públicos de Portugal no socorro às vítimas, que aliás tem sido mais que demonstrada nos últimos tempos.

 

O que é absolutamente revoltante é a total ausência de assunção de responsabilidades por esta tragédia, passado todo este tempo. O governo passa a vida a pedir papéis, relatórios, análises, e atira as culpas para funcionários subalternos ou para as empresas que ele próprio contratou, em lugar de assumir as suas óbvias responsabilidades políticas com demissões ao mais alto nível. E o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, que acha que a sua única função é andar com o governo ao colo, pede "tréguas" sobre o assunto até às autárquicas, pretendendo assim evitar até o julgamento político por parte dos eleitores. Há muito tempo que não se assiste no Estado Português a tamanha falta de vergonha.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 07:38





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • João Marcelino

    Hoje também se pode ler aqui no sapo um comentário...

  • Anónimo

    Correcto e o mesmo se passa com a venda directa do...

  • Anónimo

    A sua mãe também alega querer a independência. Vam...

  • Anónimo

    ...oh pá e o menino jesus não entra?

  • Anónimo

    Parece que a TABARNIA também quer a independência....

  • Anónimo

    Se estão, não deviam. Foi graças à Catalunha que P...

  • vitor neves

    ...os portugueses estão-se a marimbar para o Rajoy...

  • Anónimo

    Os independentistas ganharam. Está na altura de en...

  • vitor neves

    ...meu caro anónimo:Chamar-me "espanholista" sem s...

  • Anónimo

    A "fantochada" em que a Guarda Civil agrediu 900 e...




subscrever feeds