Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Importam-se de explicar isto?

Sexta-feira, 15.04.11

Esta revelação de Pacheco Pereira deixou-me absolutamente perplexo. Em primeiro lugar, fiquei a saber que os deputados, que elegemos como representantes do povo, são afinal comandados por SMS, nos quais até recebem mensagens a ordenar-lhes para ficarem calados. Só isso já seria algo que nos deveria fazer pensar muito sobre o verdadeiro estado das nossas instituições. Mas o que resulta da revelação é ainda mais preocupante. É que parece que a razão da ordem de silêncio era para não prejudicar as negociações que o Governo estava a ter em Bruxelas. Se de facto era essa a razão, tudo o que se passou depois passa a ter que ser visto com outros olhos. Se o PSD apoiou previamente as negociações do PEC4 em Bruxelas e apenas mais tarde as decidiu rejeitar no Parlamento português, compreende-se a onda de indignação que atingiu os responsáveis da União e dos outros países e as declarações exaltadas que têm feito contra os políticos portugueses.

 

As eleições são um tempo em que os políticos devem explicações aos eleitores sobre o que fizeram e o que não fizeram. Para eleições que decorreram num cenário totalmente virtual, já basta as de 2009. Acho que é altura de se dar uma explicação coerente sobre as reuniões que houve ou que não houve, as negociações que ocorreram ou não ocorreram,  e se houve ou não retirada de apoios que previamente tenham sido dados à negociação. Isto é muito mais importante do que a apresentação de programas ou de listas. Eu, como simples cidadão eleitor, gostava muito de ser esclarecido sobre este assunto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 09:09





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Tinha que vir a homofobia.

  • Jorge Mra

    Ele foi 1º ministro numa situação esdrúxula visto ...

  • Anónimo

    Este syntagma é danado. Não gosta do Santana flope...

  • Anónimo

    Esta é a versão portuguesa da lei de Godwin?

  • Anónimo

    Julgávamos que o D Sebastião tinha morrido em Alcá...

  • Anónimo

    O amigo anónimo do syntagma nem faz ideia do que o...

  • Anónimo

    estude anónimoe muito fácil baixar de 11% . É cort...

  • Anónimo

    Discordo em absoluto. Se o meu caro syntagma expli...

  • Jaime Menezes

    Ontem vi e ouvi, uma estranha (ou talvez não) comé...

  • Anónimo

    E pronto, a sua experiência pessoal refuta as expe...