Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As propostas da troika 2.

Terça-feira, 03.05.11

A confirmar-se esta notícia de que a troika se prepara para cortar nas pensões a partir dos 600 euros, estamos perante uma das mais chocantes medidas algumas vez aplicadas em Portugal e que representa uma verdadeira quebra contratual por parte do Estado para com os cidadãos que nele confiaram. Efectivamente, as pensões são na sua maioria contributivas, o que significa que as pessoas têm a pensão em função dos descontos que realizaram durante a sua vida. Reduzir arbitrariamente o valor dessa pensão constitui uma clara violação dos direitos das pessoas e um grosseiro desrespeito pelas contribuições que realizaram ao longo da sua vida.

 

O que me deixa absolutamente perplexo é que não sejam estas propostas da troika o assunto fundamental da discussão pública neste período eleitoral e se opte antes por discutir fait divers, parecendo que se julga que vamos ter uma campanha eleitoral normal. Engana-se quem julga que umas eieições neste período podem ser conduzidas com base numa boa campanha de marketing político. É que não há marketing político que apague a dura realidade que se vai abater sobre nós amanhã. O que precisamos neste momento é de política no bom sentido do termo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 10:56





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2011

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • João Marcelino

    Hoje também se pode ler aqui no sapo um comentário...

  • Anónimo

    Correcto e o mesmo se passa com a venda directa do...

  • Anónimo

    A sua mãe também alega querer a independência. Vam...

  • Anónimo

    ...oh pá e o menino jesus não entra?

  • Anónimo

    Parece que a TABARNIA também quer a independência....

  • Anónimo

    Se estão, não deviam. Foi graças à Catalunha que P...

  • vitor neves

    ...os portugueses estão-se a marimbar para o Rajoy...

  • Anónimo

    Os independentistas ganharam. Está na altura de en...

  • vitor neves

    ...meu caro anónimo:Chamar-me "espanholista" sem s...

  • Anónimo

    A "fantochada" em que a Guarda Civil agrediu 900 e...