Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O país à deriva.

Segunda-feira, 10.05.10

Há pouco mais de um mês, o Governo impôs ao Parlamento um PEC que previa uma redução neste ano do défice para 8,3%. Agora anuncia que afinal essa redução tem que ser feita para 7,3%. Há cerca de 15 dias, o Primeiro-Ministro jurava no Parlamento que não iria subir os impostos, com excepção da criação de um novo escalão de 45% para os rendimentos em IRS. Agora já fala em aumentar o IVA em dois pontos percentuais e criar um novo imposto sobre os salários, destinado a retirar o 13º mês aos contribuintes. Há poucos dias, o Governo garantia serem essenciais as grandes obras públicas, e impôs contra tudo e contra todos a assinatura do contrato relativo ao troço Poceirão-Caia. Agora, já defende a suspensão dessas grandes grandes obras públicas, e deixa a meio o próprio TGV que, ao que parece, vai afinal ligar a Europa ao Poceirão...

Não deve haver na Europa nada que se compare com esta forma errónea e impreparada de governação, em que nuns dias se diz uma coisa, e noutros dias se faz outra completamente diferente, colocando o país totalmente à deriva. Durante quanto tempo mais se vai ainda deixar arrastar esta situação?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 17:07





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Nem o partido do Valls o quis! E assim que o que r...

  • Anónimo

    Os ultra-nacionalistas espanhóis vão a Barcelona a...

  • Anónimo

    Quando a Espanha anexou Portugal em 1580 também o ...

  • Anónimo

    A UE apoiou o Kosovo quando o Kosovo desrespeitou ...

  • Anónimo

    o anonimo so demostra que nao evoluiu como as pess...

  • Anónimo

    Tudo o que o Governo de Madrid fez até agora está ...

  • Anónimo

    Realmente é uma vergonha que a UE não ajude a Cata...

  • Rodericum

    É incrível que isto se passe em pleno século XXI, ...

  • Anónimo

    Se gostas tanto da Hungria, emigra para lá! Mas ol...

  • Jorge

    Boa noite a tod@s.Fiquei estupefacto com este arti...