Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O falhanço da eleição de Fernando Nobre

Segunda-feira, 20.06.11

Conforme várias vezes escrevi nestre blogue, a candidatura de Fernando Nobre pelo PSD era um erro político colossal. Conforme se viu pela comparação dos resultados do distrito de Lisboa com o total nacional, Fernando Nobre não trouxe um único voto ao PSD e provavelmente até fez perder alguns votos em Lisboa. E era um erro ainda maior apresentá-lo desde o início como candidato a Presidente do Parlamento. Era evidente a falta de perfil político de Nobre para o cargo e sabendo-se que a votação era feita por escrutínio secreto dos deputados, era muito provável que Nobre não fosse eleito, conforme se verificou. Nobre nem sequer conseguiu ter os votos de todos os deputados do PSD. E esse resultado é péssimo, porque vem estragar completamente algum estado de graça que tinha sido conseguido depois das boas escolhas efectuadas para o Governo e a rapidez com que foi constituído.
O que também é fonte de perplexidade é que o PSD e o CDS não se tenham entendido para apresentar um nome consensual para o cargo. É evidente que o cargo de Presidente da Assembleia é fundamental para o bom funcionamento da coligação. Historicamente o colapso da AD começou a evidenciar-se em 1981 precisamente pelas dificuldades que Oliveira Dias teve em ser eleito Presidente da Assembleia da República à primeira volta. Deveria ter-se evitado a repetição dessa experiência histórica, tanto mais que as declarações desastradas de Nobre sobre a sua renúncia ao cargo, caso não fosse eleito Presidente da Assembleia da República, indiciava um sentimento de rejeição por parte dos restantes deputados.
Por outro lado, esta imagem de um Parlamento em que se insiste em sucessivas eleições para fazer passar um nome que os deputados sucessivalmente rejeitam é péssima numa época de crise do regime e descrédito das instituições. Fernando Nobre deveria perceber isso, cumprir a sua palavra e renunciar de imediato. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 18:07





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2011

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Este syntagma é danado. Não gosta do Santana flope...

  • Anónimo

    Esta é a versão portuguesa da lei de Godwin?

  • Anónimo

    Julgávamos que o D Sebastião tinha morrido em Alcá...

  • Anónimo

    O amigo anónimo do syntagma nem faz ideia do que o...

  • Anónimo

    estude anónimoe muito fácil baixar de 11% . É cort...

  • Anónimo

    Discordo em absoluto. Se o meu caro syntagma expli...

  • Jaime Menezes

    Ontem vi e ouvi, uma estranha (ou talvez não) comé...

  • Anónimo

    E pronto, a sua experiência pessoal refuta as expe...

  • Anónimo

    Foi um grande empresário que construiu um império ...

  • Anónimo

    inteiramente de acordo. o inferno esta de parabens...