Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A presidência fechada.

Terça-feira, 10.04.12

 

Pelos vistos Cavaco Silva acaba de se deixar arrastar pelo desastre em que o Governo se enredou nesta semana em torno da reposição dos subsídios e do diploma secreto sobre o congelamento das reformas antecipadas.

 

Em relação ao congelamento das reformas, Cavaco Silva invoca o "interesse nacional" para promulgar em segredo os diplomas do Governo. Sabemos assim que as regras sobre a transparência na actividade governativa e a liberdade de informação já nada valem e que o Governo e o Presidente se entenderão sempre para aprovar qualquer legislação clandestina, bastando para isso a invocação de uma arbitrária razão de Estado. Podemos imaginar a quantidade de diplomas que a partir de hoje podem ser elaborados e publicados na clandestinidade, de que os cidadãos só saberão quando lerem o diário da república electrónico.

 

Já em relação à reposição dos subsídios cortados (e já agora dos salários também cortados na era Sócrates), Cavaco Silva considera "prematura" a discussão, ao mesmo tempo que se recusa a esclarecer se ele próprio continua ou não a receber esses mesmos subsídios. O problema é que sempre se afirmou — e foi isso que o Tribunal Constitucional sancionou — que esses cortes eram temporários, e o que é temporário tem que ter um limite temporal definido. Afirmar que a reposição dos subsídios, como se diz do Natal, ocorrerá quando um homem quiser, implica ter-se praticado uma monumental fraude aos cidadãos, com o qual o Presidente não deveria contemporizar, enquanto garante do Estado de Direito. Ora, pelos vistos não apenas aceita essa situação, como também não esclarece o seu caso pessoal, quando é absolutamente inaceitável que possa não estar sujeito às mesmas regras que promulgou.

 

Não há nada pior para um político que não compreender os sentimentos dos cidadãos. Mário Soares gabava-se de fazer presidências abertas. Cavaco acabou de fechar a sua.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 18:30








comentários recentes

  • Anónimo

    caso não saiba, as eleições para a constituinte fo...

  • s o s

    carissimo, sendo que nao divaga, antes se restring...

  • Alfredo

    Pois,E só de pensar que temos em Portugal um parti...

  • Vasco

    São votos de mão no ar e por unanimidade à boa man...

  • Francisco Ribeiro

    Como rebate as posições contrárias da PGR e do Pro...

  • cheia

    Que adianta a quantidade?? 64 não chegam?? Mesmo q...

  • ANTONIO SILVA

    TEM TODA A RAZÃO! MAIS VALE TARDE DO QUE NUNCA! OS...

  • alfredo

    Caro Sr. Henrique Neto, Sou uns poucos anos mais n...

  • Francisco F.Martins

    Realmente este sr.Henrique Neto tem cara de quem e...

  • Etan Cohen

    Este senhor que, dizem, quando era novo andava de ...