Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Isto não vai acabar bem!

Quinta-feira, 08.11.12

 

O Parlamento grego, apesar de se ir constantemente esboroando, lá conseguiu aprovar à tangente mais um pacote de austeridade. Os deputados da própria maioria que votaram contra são naturalmente expulsos das fileiras do partido, numa eloquente concepção de democracia. Entretanto, surgem manifestações de 100.000 pessoas em frente ao Parlamento, protestando contra os cortes. O que não admira. Eu já perdi a conta à quantidade de vezes que os funcionários públicos e pensionistas gregos viram os seus rendimentos cortados, enquanto os outros cidadãos são massacrados com sucessivos aumentos de impostos. Espantam-me que ainda tenham dinheiro para comer. O próximo passo será o corte do salário mínimo ou a semana de seis dias. No futuro atingiremos se calhar as 18 horas de trabalho diário a troco de tostões, tal como descrito nos romances de Charles Dickens. Aí a Grécia será verdadeiramente competitiva, um exemplo para Portugal que, como várias vezes tenho referido, dela só se distingue por ter um ano de atraso.

 

Por cá, o Primeiro-Ministro descobriu finalmente que ele é que tem que fazer os cortes na despesa, sendo patético que o Governo tenha andado a estender a mão à oposição para que o ajudasse a fazer o que já deveria ter feito há muito tempo. Entretanto, prepara-se para receber em apoteose quem verdadeiramente manda na Europa e consequentemente também em Portugal. Mas toda a gente já sabe que o Memorando da troika é inexequível e que um segundo resgate é inevitável. Resta saber durante quanto tempo os nossos "parceiros" europeus estarão dispostos a continuar a meter o seu dinheiro numa solução que na Grécia já provou não ter qualquer sucesso, sendo que Portugal estará a curto prazo na mesma situação.

 

Acho que é altura de os cidadãos se perguntarem se vale mesmo a pena continuar no euro. Não são os alemães que dizem que mais vale um fim com horror a um horror sem fim? Se o euro não é a moeda da Europa no seu conjunto, mas apenas a moeda da Alemanha, então a Alemanha que fique com ela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 07:25








comentários recentes

  • Anónimo

    caso não saiba, as eleições para a constituinte fo...

  • s o s

    carissimo, sendo que nao divaga, antes se restring...

  • Alfredo

    Pois,E só de pensar que temos em Portugal um parti...

  • Vasco

    São votos de mão no ar e por unanimidade à boa man...

  • Francisco Ribeiro

    Como rebate as posições contrárias da PGR e do Pro...

  • cheia

    Que adianta a quantidade?? 64 não chegam?? Mesmo q...

  • ANTONIO SILVA

    TEM TODA A RAZÃO! MAIS VALE TARDE DO QUE NUNCA! OS...

  • alfredo

    Caro Sr. Henrique Neto, Sou uns poucos anos mais n...

  • Francisco F.Martins

    Realmente este sr.Henrique Neto tem cara de quem e...

  • Etan Cohen

    Este senhor que, dizem, quando era novo andava de ...