Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Isto não vai acabar bem!

Quinta-feira, 08.11.12

 

O Parlamento grego, apesar de se ir constantemente esboroando, lá conseguiu aprovar à tangente mais um pacote de austeridade. Os deputados da própria maioria que votaram contra são naturalmente expulsos das fileiras do partido, numa eloquente concepção de democracia. Entretanto, surgem manifestações de 100.000 pessoas em frente ao Parlamento, protestando contra os cortes. O que não admira. Eu já perdi a conta à quantidade de vezes que os funcionários públicos e pensionistas gregos viram os seus rendimentos cortados, enquanto os outros cidadãos são massacrados com sucessivos aumentos de impostos. Espantam-me que ainda tenham dinheiro para comer. O próximo passo será o corte do salário mínimo ou a semana de seis dias. No futuro atingiremos se calhar as 18 horas de trabalho diário a troco de tostões, tal como descrito nos romances de Charles Dickens. Aí a Grécia será verdadeiramente competitiva, um exemplo para Portugal que, como várias vezes tenho referido, dela só se distingue por ter um ano de atraso.

 

Por cá, o Primeiro-Ministro descobriu finalmente que ele é que tem que fazer os cortes na despesa, sendo patético que o Governo tenha andado a estender a mão à oposição para que o ajudasse a fazer o que já deveria ter feito há muito tempo. Entretanto, prepara-se para receber em apoteose quem verdadeiramente manda na Europa e consequentemente também em Portugal. Mas toda a gente já sabe que o Memorando da troika é inexequível e que um segundo resgate é inevitável. Resta saber durante quanto tempo os nossos "parceiros" europeus estarão dispostos a continuar a meter o seu dinheiro numa solução que na Grécia já provou não ter qualquer sucesso, sendo que Portugal estará a curto prazo na mesma situação.

 

Acho que é altura de os cidadãos se perguntarem se vale mesmo a pena continuar no euro. Não são os alemães que dizem que mais vale um fim com horror a um horror sem fim? Se o euro não é a moeda da Europa no seu conjunto, mas apenas a moeda da Alemanha, então a Alemanha que fique com ela.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 07:25





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Julgávamos que o D Sebastião tinha morrido em Alcá...

  • Anónimo

    O amigo anónimo do syntagma nem faz ideia do que o...

  • Anónimo

    estude anónimoe muito fácil baixar de 11% . É cort...

  • Anónimo

    Discordo em absoluto. Se o meu caro syntagma expli...

  • Jaime Menezes

    Ontem vi e ouvi, uma estranha (ou talvez não) comé...

  • Anónimo

    E pronto, a sua experiência pessoal refuta as expe...

  • Anónimo

    Foi um grande empresário que construiu um império ...

  • Anónimo

    inteiramente de acordo. o inferno esta de parabens...

  • Anónimo

    Deus, tenha o Seu lado, Belmiro era português, por...

  • Anónimo

    O que muita gente tem e dor de cotovelo pois de um...