Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



"É inevitável Portugal sair do euro".

Sexta-feira, 16.11.12

Quem o diz é um ex-director adjunto do FMI, que acha que Portugal deveria tomar a dianteira e sair do euro quanto antes. Curiosamente esta semana eu próprio já tinha defendido aqui a mesma posição. Estes programas de ajustamento são totalmente irrealistas e só servem para agravar a recessão nos diversos países em que são aplicados. O mais tardar daqui a dois anos ver-se-á que nada conseguiram e a saída do euro será a única opção viável. Mas os Governos que alinharam nisto terão prestado um péssimo serviço aos seus povos e serão responsabilizados por terem embarcado neste processo. Há uma regra de ouro na política segundo a qual o que tem que acontecer é melhor que aconteça já.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 19:18








comentários recentes

  • Herói do Mar

    Estamos tramados com a geringonça do derrotado cos...

  • João Gil

    O lançamento de mísseis pela Coreia do Norte e o d...

  • Anónimo

    Luís Leitão gostei do teu comentário.O Trump seja ...

  • Anónimo

    Em defesa de Trump, esta situação é incrivelmente ...

  • João Braga

    Cada pais tem a sua cultura e a sua forma de viver...

  • singularis alentejanus

    Tão ladrão é o que vai ás uvas, como o que fica à ...

  • João Gil

    Só falta afirmar que a culpa do regime da Coreia d...

  • Anónimo

    caso não saiba, as eleições para a constituinte fo...

  • s o s

    carissimo, sendo que nao divaga, antes se restring...

  • Alfredo

    Pois,E só de pensar que temos em Portugal um parti...