Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Todos para os quartéis.

Sexta-feira, 25.01.13

 

Parece que uma das brilhantes propostas da conferência "Pensar o Futuro" é a reintrodução do serviço militar obrigatório. Estes conferencistas têm excelentes ideias sob a forma como dar resposta às expectativas dos nossos jovens. Depois de Passos Coelho lhes ter proposto a emigração como solução para a ausência de saídas profissionais em Portugal, os conferencistas têm agora a brilhante ideia de os enfiar nos quartéis. Mas infelizmente como os nossos quartéis já foram quase todos desactivados, qual será o destino dos jovens incorporados no exército? Mandá-los combater os tuaregues no Mali?

 

Com ideias destas, não admira que a conferência tenha sido sujeita à lei da rolha, agora muito modernamente denominada de Chattam House Rule. Depois de um relatório do FMI chamado Rethinking the State, que era uma fraude monumental, surge agora outro relatório disparatado intitulado Pensar o Futuro. Parece-me sinceramente que este Governo anda a fundir os fusíveis com tantos relatórios sobre pensar e repensar, de que só chegam ao público as versões autorizadas. Quando acabar o mandato, terá produzido um monte de papéis inúteis sem ter feito uma única reforma que se visse. E que tal se se deixasse de encomendar relatórios e conferências a terceiros e aparecesse com medidas de reforma concretas? Não é isso o que se espera de um Governo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 06:52





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Tinha que vir a homofobia.

  • Jorge Mra

    Ele foi 1º ministro numa situação esdrúxula visto ...

  • Anónimo

    Este syntagma é danado. Não gosta do Santana flope...

  • Anónimo

    Esta é a versão portuguesa da lei de Godwin?

  • Anónimo

    Julgávamos que o D Sebastião tinha morrido em Alcá...

  • Anónimo

    O amigo anónimo do syntagma nem faz ideia do que o...

  • Anónimo

    estude anónimoe muito fácil baixar de 11% . É cort...

  • Anónimo

    Discordo em absoluto. Se o meu caro syntagma expli...

  • Jaime Menezes

    Ontem vi e ouvi, uma estranha (ou talvez não) comé...

  • Anónimo

    E pronto, a sua experiência pessoal refuta as expe...