Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Demasiado óbvio.

Quarta-feira, 18.05.16

Nos últimos dias houve uma verdadeira choradeira nacional para que não fossem aplicadas sanções a Portugal, que praticamente uniu Governo, Oposição e Presidente da República. Todos eles apelaram à complacência de Bruxelas, chamando a atenção para a injustiça das sanções. Pessoalmente nunca tive grande esperança nesse método. Embora o povo costume dizer que quem não chora não mama, a verdade é que esse ditado é para aplicar a bebés. Dos adultos espera-se em princípio outro tipo de comportamento, e não me parece que uma choradeira fosse impedir as instituições comunitárias de aplicar as regras com que nos comprometemos para entrar no euro. Já se devíamos ter entrado, é outra conversa.

 

Mas como o mundo funciona com base na Realpolitik, a Comissão Europeia acaba de dar a sua resposta: Portugal e Espanha continuam no procedimento de défice excessivo, mas a decisão sobre as sanções é adiada para Julho. Obviamente que isto nada tem a ver com o facto de a Espanha ir ter eleições no fim de Junho e de as sanções aplicadas serem um excelente tema de camapnha eleitoral. Será que julgam que somos todos parvos?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 13:07





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Maio 2016

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Aconselha-se vivamente aos dois lados em conflito ...

  • Anónimo

    Como " less is more " : " ... o conflito catalão...

  • pvnam

    É A LIBERDADE QUE ESTÁ EM CAUSA: é preciso dizer n...

  • Herói do Mar

    Estamos tramados com a geringonça do derrotado cos...

  • João Gil

    O lançamento de mísseis pela Coreia do Norte e o d...

  • Anónimo

    Luís Leitão gostei do teu comentário.O Trump seja ...

  • Anónimo

    Em defesa de Trump, esta situação é incrivelmente ...

  • João Braga

    Cada pais tem a sua cultura e a sua forma de viver...

  • singularis alentejanus

    Tão ladrão é o que vai ás uvas, como o que fica à ...

  • João Gil

    Só falta afirmar que a culpa do regime da Coreia d...