Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Um caso perdido.

Quarta-feira, 18.03.15

Ao contrário do que sucedia no tempo de António José Seguro, em que era seguro que o PS iria ganhar as próximas eleições legislativas, hoje, com António Costa, todas as apostas são possíveis em relação ao próximo resultado eleitoral. A explicação para isso é simples. Seguro tinha tido o cuidado elementar de romper com o passado de Sócrates, enquanto que Costa assumiu, quando se candidatou,  querer reabilitar esse passado. Foi esse o objectivo principal da sua candidatura, e daí o apoio total dos socráticos do PS, que Costa fez questão de voltar a chamar, mal assumiu o cargo. Hoje parece evidente que a candidatura de Costa no PS era especialmente uma forma de lançar Sócrates para Belém, o que os socráticos sabiam que com Seguro seria completamente impossível.

 

A prisão de Sócrates destruiu essa estratégia e António Costa, embora esteja rodeado de socráticos, fez questão de isolar o PS do processo em que Sócrates estava envolvido. Apesar de se ter declarado amigo de Sócrates, só foi a Évora no último dia do ano e ainda hoje não lá voltou, enquanto que Mário Soares tem lá ido constantemente. O problema é que se Costa não vai a Évora, Évora tem vindo constantemente ter com ele, com as sucessivas comunicações que Sócrates faz sair, uma delas um ataque pessoal duríssimo a Passos Coelho, e que eclipsam completamente as frouxas declarações políticas de Costa. Por outro lado, o facto de o processo de Sócrates estar a decorrer nesta altura e envolver situações relativas ao período em que Sócrates foi primeiro-ministro é completamente mortal para quem queira precisamente elogiar o governo anterior e criticar o governo que se lhe seguiu. Terá sempre a resposta que Passos insinuou quando foi criticado pelas suas falhas na relação com a segurança social.

 

A estratégia de Costa para resposta a este problema complexo foi totalmente infantil. Resolveu atrasar o relógio vinte anos para os eleitores se esquecerem do governo de Sócrates e pensarem que vamos voltar aos governos de Cavaco Silva. Só que Cavaco Silva saiu em 1995, e grande parte dos eleitores, ou não tinha nascido, ou não se lembra nada desse tempo. Por muito que António Costa queira, não é António Guterres a querer substituir Cavaco Silva. É António Costa a querer substituir Passos Coelho, que foi para o governo devido ao desastre que foi o governo de Sócrates, que António Costa defendeu até ao último minuto em que esteve no poder e que queria voltar a defender hoje.

 

A única hipótese de o PS ganhar as eleições era romper com o passado e apresentar um conjunto de rostos completamente desconhecidos do eleitorado. António Costa foi buscar velhos rostos e acha que está a regressar ao combate político de há vinte anos. António Costa é um caso perdido, e vai arrastar o PS com ele. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 07:34


8 comentários

De Teodoro a 18.03.2015 às 11:58

Tanta azia.....o seu partidozeco vai perder e por muitos, mesmo com uma coligação que toda a gente sabe tem dois lideres que não se entendem, são uma vergonha!

De Makiavel a 18.03.2015 às 12:18

O elogio a António José Seguro, vindo de quem defende este governo, só prova que o PS fez bem em mudar de líder.

Reformulo o seu primeiro parágrafo, por corresponder mais à realidade:

Ao contrário do que sucedia no tempo de António José Seguro, em que era seguro que o PS iria perder as próximas eleições legislativas, hoje, com António Costa, todas as apostas são possíveis em relação ao próximo resultado eleitoral.

Quanto ao ataque pessoal que Sócrates fez a Passos Coelho, talvez seja de lembrar as insinuações torpes deste acerca de um assunto que ainda nem acusação teve. Para quem diz prezar a separação de poderes e distinguir o que é da justiça do que é político, usar a situação de Sócrates para o combate político (e para justificar o seu próprio ilícito, esse demonstrado sem sombra de dúvidas) estamos conversados. Mas não é novidade. As campanhas sujas já vêm do tempo de Santana Lopes e mais uma está na calha.

De Porconta a 18.03.2015 às 13:05

Sem o intuito de querer ofender seja quem for, depois de ler o seu blog vejo-me com uma vontade imensa de lhe dizer, SE NÃO FOSSE HIPÓCRITA O GOSTAVA DE SER?

De Corvo Negro a 18.03.2015 às 14:21

Há uma diferença abissal entre o que desejamos que aconteça e o que depois a realidade nos coloca à frente. Espere sentado para assistir ao "trambolhão" do PS com António Costa.

De Maria Mendes a 18.03.2015 às 15:48

Deixem o povinho decidir de quem gosta mais, não vale a pena tanta conversa de treta. O Sócrates é assim, o Costa é assado, isso não vai dar em nada. Por mais que se fale mal do Sócrates quem gosta dele, gosta e acabou. Se eu tiver um amigo que se mete na droga, vou deixar de ser amiga dele? Não, vou tentar ajudá-lo o melhor que puder! Não vejo proveito algum em falar mal do Costa, e quanto ao Passos Coelho acho que toda a gente já sabe o que ele é! Quem vai decidir é o povinho.

De Isabel a 18.03.2015 às 16:03

Fartei-me de rir com o seu post. Muito cómico. Obrigado.
Parabéns pelo destaque no Sapo - é o que temos.

De Cris a 18.03.2015 às 17:18

Pois, a intenção de manter Socrates preso, é sem duvida mais politica do que outra coisa. O que se esqueçem, é que há muita boa gente que se lembra muito bem desses governos cavaquistas, sem qualquer respeito pelos cidadãos, semelhanças com o atual, não é pura coincidiência, dai a protecção do Cavaco, eu sou uma das que se lembra, os que não se lembravam, mandaram-nos emigrar (tiro no pé). Por isso o tiro vai-vos sair pela culatra, e digam as parvoiçes que disseram, em outubro, este governo da caca, JÁ ERA.

De Anónimo a 18.03.2015 às 18:10

Resumindo, eis um simpatizante do ps que vê com apreensão a possibilidade de o seu partido favorito perder as eleições legislativas.

Sugiro-lhe que para acalmar os medos escreva um post sobre direito fiscal, um tema actual, daqueles que anda na berra.

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Visitas

free hit counter




comentários recentes

  • Anónimo

    Aconselha-se vivamente aos dois lados em conflito ...

  • Anónimo

    Como " less is more " : " ... o conflito catalão...

  • pvnam

    É A LIBERDADE QUE ESTÁ EM CAUSA: é preciso dizer n...

  • Herói do Mar

    Estamos tramados com a geringonça do derrotado cos...

  • João Gil

    O lançamento de mísseis pela Coreia do Norte e o d...

  • Anónimo

    Luís Leitão gostei do teu comentário.O Trump seja ...

  • Anónimo

    Em defesa de Trump, esta situação é incrivelmente ...

  • João Braga

    Cada pais tem a sua cultura e a sua forma de viver...

  • singularis alentejanus

    Tão ladrão é o que vai ás uvas, como o que fica à ...

  • João Gil

    Só falta afirmar que a culpa do regime da Coreia d...