Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Os efeitos dramáticos dos cortes salariais.

Quinta-feira, 23.12.10

Esta notícia da tentativa de suicídio em pleno parlamento romeno de Adrian Sobaru, um electricista da televisão, em protesto desesperado contra os cortes de salários aos funcionários e de subsídios aos deficientes, reveste-se de um enorme simbolismo e deveria constituir um exemplo a meditar por todos.

 

Hoje em dia os políticos parecem viver concentrados na abstracção dos cenários macroeconómicos, esquecendo que qualquer medida de austeridade que decretam tem efeitos dramáticos na vida de muitas pessoas. Um exemplo é o do corte de salários, que pode arruinar imediatamente a vida dos que são por ele abrangidos, pondo em causa a sua própria sobrevivência. Chocou-me por esse motivo a insensibilidade com que uma medida desta ordem foi decretada pelo nosso Parlamento e é por isso que louvei a posição de Carlos César, o único político nacional que tentou minimizar os seus efeitos.

 

Há, porém, alguns juristas que defendem que a redução de salários não envolve qualquer lesão da confiança e é perfeitamente compatível com os princípios constitucionais do Estado de Direito. Têm neste caso um bom exemplo prático das consequências dessa doutrina.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 20:49





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Dezembro 2010

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031




comentários recentes

  • Anti-racistas

    Racista de merda. Se queres fazer comentários raci...

  • Hipocrisia

    "Não devia ser permitido opiniões de anónimos é um...

  • Anónimo

    Nos anos 80 era normal entrar num café-bar e, logo...

  • Makiavel

    Ehehehehehe

  • Makiavel

    O país é pequeno. Muito tráfico de influências... ...

  • afonsonunes

    Santana é um lírio! Ele agregou o PSD ao seu proje...

  • Antonio Patricio

    Bom, comentares com agendas próprias ou ao serviço...

  • Anónimo

    O estranho é levá-lo ao colo...porque será?

  • Anónimo

    De facto a esquerda, neste momento, comenda quase...

  • Anónimo

    Há quem diga que é tudo uma questão de perfil e ca...




subscrever feeds