Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda mais impostos

Quarta-feira, 07.09.11

Uma vez que o Ministro das Finanças insiste na tese de que  os cortes na despesa exigem tempo e portanto não são para se fazer, mas para se ir fazendo, com calma, estudo e ponderação, multiplicam-se as propostas de aumento de impostos, cada uma mais disparatada que a anterior. Depois de o Bastonário da Ordem dos Médicos ter lançado a ideia de um imposto sobre a fast food, parece que o Governo está a estudar aumentar o IVA sobre o vinho, o que naturalmente arrasará completamente um sector importantíssimo na economia portuguesa. Enquanto que no Estado Novo se dizia que beber vinho era dar de comer a um milhão de portugueses, no Portugal actual beber vinho equivalerá a dar de beber a este Estado despesista, incapaz de cortar nos seus gastos. Em relação a impostos, Portugal começa a parecer-se perigosamente com a Roma do Imperador Vespasiano que, segundo refere Suetonius, na sua Vitae XII Caesarum, até foi capaz de lançar um imposto sobre a urina. É pena que não se lembrem de lançar um imposto sobre o disparate. Aposto que a receita obtida chegaria para cobrir o défice.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 11:08

Agradecimento

Quarta-feira, 07.09.11

Ao Filipe Nunes Vicente por esta simpática mensagem. Muito agradeço a oferta, mas já tenho este blogue, também com um nome grego, onde continuarei a escrever os meus textos. Nesta altura em que o país caminha rapidamente para ser uma nova Grécia, o que está a dar são os blogues com nomes gregos.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 07:18





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2011

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




comentários recentes

  • Manuel Nunes Francisco

    Então estamos à vontade, podendo avançar com o san...

  • Anónimo

    Olivença é a menor das preocupações no Estado Espa...

  • Anónimo

    Concordo na íntegra e dizendo mais, na minha modes...

  • Anónimo

    Caro anónimo espanhol,Não sei se esteve atento nas...

  • Anónimo

    Caro anónimo Vasconcelos,O uso da Grândola deveu-s...

  • Alda Fernandes

    Oh! sr. anónimo espanhol? (será?)Quem diria que af...

  • Teresa

    Cuando afirmo a que "arriscam-se a apalhaçar a mes...

  • Anónimo

    Es facil tener una opinion viendo los toros desde ...

  • Teresa

    (anterior comentário seguiu sem identificação)Gent...

  • Anónimo

    Gente peculiar nuestros hermanos Grândola Vila Mor...




subscrever feeds