Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Chegou a vez da França.

Terça-feira, 20.11.12

 

Esta reportagem da revista The Economist já tinha sido o tiro de partida. Agora a Moody's vem logo atrás iniciando o processo de descida do rating da França. Neste momento os mercados consideram que a moeda única foi um embuste e que nenhum país do sul da Europa, nem sequer a França, tem capacidade para isoladamente pagar as dívidas que contraiu. Como não parece que os países do Norte, com a Alemanha à cabeça, tenham a mínima intenção de assumir essas dívidas, seja através de eurobonds, seja por outra via qualquer, é evidente que todos estes países irão cair como peças de dominó. E a sua queda no  abismo ocorrerá, independentemente das inúmeras medidas de austeridade que todos os dias lançam sobre os seus cidadãos, em ordem a ficar bem vistos perante os mercados. Os mercados não se tranquilizam com a austeridade. Tranquilizam-se sabendo que há dinheiro disponível para pagar aos credores. E esse dinheiro só existirá enquanto a troika o emprestar. É por isso que cada vez mais me convenço que o euro tem os dias contados, pelo menos na sua actual versão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 11:15





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Novembro 2012

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




comentários recentes

  • Pieidge

    Caro Syntagma, estou parcialmente em desacordo con...

  • Anónimo

    Mas é a comer carne crua que se aprende a apreciar...

  • João Marcelino

    Boa !!!

  • Anónimo

    É uma tristeza...como tudo e todos são recuperávei...

  • Rui Nunes

    É giro ver esta direita a comentar a satisfação de...

  • Anónimo

    Para O GATO NO TELHADO, que não gosta de anónimos....

  • Anton

    Mais vale uma geringonça na mão do que dois coelho...

  • Anónimo

    E todas as "forças vivas" elogiando sempre essa di...

  • Narciso Baeta

    “Os loucos às vezes curam-se, os imbecis nunca!” –...

  • fl

    Melhores cumprts.francisco laranjeirapromoção e co...




subscrever feeds