Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Presidente promulgador.

Segunda-feira, 28.06.10

Esta nota da Presidência da República nada mais representa que a demonstração de que o Presidente da República não é capaz de assumir um dos ónus políticos inerentes ao cargo, que é solicitar a fiscalização preventiva do Tribunal Constitucional sempre que uma lei suscite dúvidas de constitucionalidade.

 

Efectivamente, a fiscalização sucessiva é neste caso um acto completamente inútil, que não terá qualquer efeito prático, pois quando ela surgir já a lei se estará a aplicar a factos tributários novos e a jurisprudência do Tribunal Constitucional é muito clara no sentido de que não se deve decretar em caso algum a restituição de impostos.

 

A declaração da Presidência é por isso enganosa em relação aos cidadãos, ao fazê-los crer que a fiscalização sucessiva terá qualquer utilidade, pois o que é provável é que nem sequer seja apreciada pelo Tribunal Constitucional como aqui explico mais detalhadamente. Para quem ainda recentemente dizia que a verdade estava no site da Presidência, não está mal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 17:17





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Junho 2010

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930




comentários recentes

  • Manuel Nunes Francisco

    Então estamos à vontade, podendo avançar com o san...

  • Anónimo

    Olivença é a menor das preocupações no Estado Espa...

  • Anónimo

    Concordo na íntegra e dizendo mais, na minha modes...

  • Anónimo

    Caro anónimo espanhol,Não sei se esteve atento nas...

  • Anónimo

    Caro anónimo Vasconcelos,O uso da Grândola deveu-s...

  • Alda Fernandes

    Oh! sr. anónimo espanhol? (será?)Quem diria que af...

  • Teresa

    Cuando afirmo a que "arriscam-se a apalhaçar a mes...

  • Anónimo

    Es facil tener una opinion viendo los toros desde ...

  • Teresa

    (anterior comentário seguiu sem identificação)Gent...

  • Anónimo

    Gente peculiar nuestros hermanos Grândola Vila Mor...