Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A situação na Catalunha.

Sábado, 19.10.19

10732.jpeg

Quem acha que a situação na Catalunha é um simples caso judicial, como pretende o Governo espanhol, teve ontem esta resposta. É evidente que existe aqui um problema político, que tem que ser resolvido politicamente. A visão legalista da questão — com argumentos como o de que uma Constituição de 1978 não permite um referendo em 2020 — está a conduzir a situação a um impasse que é prejudicial para todos. A Catalunha está a ferro e fogo e a própria Espanha mergulhou num bloqueio governativo (quatro eleições em quatro anos!). Por outro lado, o conflito estende-se à própria União Europeia, com os sucessivos mandados de detenção de políticos catalães exilados, rejeitados por vários tribunais europeus, e o facto de o Parlamento Europeu não estar com o número de deputados completo, uma vez que Espanha ameaça prender os deputados europeus que foram eleitos se eles forem tomar posse a Madrid. Qualquer pessoa percebe que isto é insustentável e que, a continuar-se com esta teimosia, as coisas só podem piorar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Luís Menezes Leitão às 13:16





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Outubro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031




comentários recentes

  • Anónimo

    Com ele vivi os momentos mais belos da democracia,...

  • Anónimo

    Muito bom e foi importante referir a sua atitude, ...

  • Anónimo

    Os grandes homens fazem os pequenos parecer ainda ...

  • Filomena Lemos Veloso

    Excelente

  • Anónimo

    Já reservar umas tantas vagas para estrangeiros qu...

  • Anónimo

    MRS é constitucionalista, professor catedrático. T...

  • Sarin

    Há uns meses largos, talvez anos, não percebia mui...

  • Anónimo

    "quando existe um ataque desta ordem por parte de ...

  • João Marcelino

    Depois do que aconteceu na Nova Zelândia, era de e...

  • Manuel da Rocha

    Quando o parlamento vota propostas que se contrapõ...